Pular para o conteúdo principal

Quem foi o autor da letra e da melodia do Hino Oficial de Redenção?

O HINO OFICIAL DE REDENÇÃO foi escolhido em um concurso público, realizado no dia 06 de maio de 1983, na Escola Estadual de Ensino Médio, Engenheiro Palma Muniz. O evento contou com a presença de importantes personalidades. A Secretária Municipal de Educação da época, Elenice Hernandez Franco, foi a coordenadora dos trabalhos. A Mesa de Jurados era formada pelo então prefeito Arcelide Veronese, professora Mary Aparecida Bueno Prestes, o empresário Antônio Luiz Testa, o cantor Valmireno Alves Barreiras, o senhor João Batista Alves Martins e o senhor Jurandir    Ferreira Azara. Foram selecionados três hinos para serem escolhidos pelos jurados. Recebeu a maior pontuação a letra e a melodia do professor José Alves Lordeiro.
A direita com as mãos na cintura professor José Alves Lordeiro
Com a criação da Escola de Música do Município, através do Decreto de n. 4931 de 21 de outubro de 1994, assinado pelo então prefeito, Wagner Fontes, assumiu a direção da supracitada escola o professor de música Onésimo Lopes que de imediato se interessou pela escrita do Hino de Redenção e teve a iniciativa de trabalhar na sua instrumentação para que o mesmo viesse a ser tocado pela Banda de Música e viesse a se eternizar. Nessa tarefa, Onésimo teve a colaboração do Sargento do Exercito da 23º Bis de Marabá o músico Creso Santo de Jesus e do renomado maestro, já falecido, Levino Ferreira de Alcântara.   
O lançamento oficial do Hino de Redenção aconteceu no dia 13 de maio de 1998, 14 anos depois, numa grandiosa festa pública, com a presença do então prefeito Mário Moreira, do Secretário de Cultura Desporto e Turismo, Sr.Adécimo Gomes, professora Antonieta de Lurdes, vereadores entre outras autoridades e comunidade em geral além de estudantes de escolas públicas e particulares. Todos em uma só voz entoaram o Hino Oficial de Redenção sob a regência do maestro Creso. O evento teve a participação especial da Banda de Música do 23º BIS (Batalhão de Infantaria de Selva) de Marabá que veio exclusivamente para o lançamento oficial do hino.  

Hino do município de Redenção
Letra e música: Professor José Alves Lordeiro
Instrumentação: Professor Onésimo Lopes
Nas pegadas de neos bandeirantes
Que a riqueza da terra aqui traz
Tu nasceste em campos verdejantes
Um convite ao progresso e à paz.

Da hulha verde e dos nobres metais
Nas pastagens e dons naturais,
Nestas terras já vens despertar
Tua força e valor ostentar!

Estribilho:
Oh! Redenção!
Queremos nós te saudar
E com amor, teu futuro edificar!

Com os algores do alvorecer
E o calor deste sol fulgurante,
Nos apraz vê-la se enobrecer
Vislumbrando um futuro brilhante.

Redenção dos valores que encerras
De trabalhos, riquezas e glórias.
No horizonte alvo-anil destas terras,
Te despontam certeiras vitórias!

(ESTRIBILHO)

Nas escolas tua juventude
Preparando um futuro maior
A indústria ao comércio se funde
A união e progresso melhor.

Com Orgulho este povo altaneiro
Te devota esperança e labor,
Devotados teus filhos ordeiros,

Fazem seus tua clava e penhor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que estaria por traz do assassino da missionária Francisca

O que leva alguém que utiliza uma Bíblia, fala de Jesus, ora, prega e frequenta uma igreja a cometer um crime de uma barbaridade sem precedente? Essa pergunta está na mente de milhares de pessoas. Eu procurei algumas informações sobre esse elemento para tentar entender e resolvi escrever sobre um dos mais tristes fatos da história da nossa cidade. Quando ouvi a missionária cantar em seu facebook um lindo hino aí é que aumentou minhas indagações.   Segundo me informei, Ricardo, o assassino confesso, teria tido uma infância conturbada. Ainda criança teria sido desprezado pelos pais. Fora criado pela avó e ainda jovem teria enveredado pelo mundo das drogas e do tráfico. Depois teria se “convertido” lá pra bandas de Santana do Araguaia e depois que começara a frequentar a igreja criara um testemunho, que ninguém sabe até onde procede, de que teria tido epilepsia e que fora curado na igreja. Em Redenção depois de passar por algumas congregações, já casado, frequentava uma congregação em um b…

"Eu seria o melhor prefeito de Redenção" garante autor da primeira assinatura

Quando utilizou uma caneta para assinar o nome na primeira linha de um dos mais importantes documentos da história de Redenção, o empresário, contador e político, Mariosval Dueti Rezende Silva, talvez nem tivesse a intenção de um dia pleitear o cargo de prefeito de Redenção.   Mas além de ser o autor da primeira assinatura no Abaixo-assinado que foi fundamental para que Redenção fosse emancipada em 13 de maio de 1982, vale ressaltar que Dueti, foi quem redigiu o documento que fora assinado por Luiz Vargas e ele mesmo saiu às ruas para coletar assinaturas dos moradores. Posteriormente ele entrou para a história do município como vereador, e alguns anos depois como prefeito eleito do município filho de Redenção, Pau D’Arco. Na ultima eleição Mariosval disputou a prefeitura de Redenção. Em seu discurso ele garantia que seria o melhor prefeito da história do município. Ele baseava seu discurso na administração positiva que fizera no município vizinho, Pau D’Araco, principalmente na área da …

A história de Redenção o principal município da Região do Araguaia

No inicio da década de sessenta a extinta SUDAM proporcionou a vinda de fazendeiros a se instalarem numa região denominada Boca da Mata. Com o desbravamento da fazenda Santa Tereza, de propriedade do Agrônomo João Lanari do Val, vieram também os pioneiros Ademar Guimarães, José Bueno Cintra e Gerudes Gomes da Silva. Na mesma época foram chegando Luiz Vargas Dumonte Carlos Ribeiro para conhecerem a serra dos Gradaús, localizada no município de Cumarú, Vale Lembrar que as primeiras casas foram construídas na atual Avenida Santa Tereza, sendo que um dos primeiros moradores foi o senhor Gerudes Gomes da Silva, falecido em 15 de abril de 2001.
Esses homens aventureiros dotados de um idealismo viram e conheceram uma região plana e rica de recursos minerais e vegetais, fator que levaram o lançamento da pedra fundamental exatamente no dia 21 de setembro de 1969. O que era uma ideia se transformou em uma vila para centenas de desbravadores, os quais vislumbravam nestas terras maravilhosas de f…